Declaração do Partido dos Trabalhadores da Irlanda sobre o atual golpe de direita no Brasil

O Partido dos Trabalhadores da Irlanda (Workers’ Party of Ireland) se solidariza com as forças democráticas, progressistas e revolucionárias e organizações de trabalhadores no Brasil, protestando contra a ordem de prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e em defesa de seus direitos contra o ataque desencadeado pelo imperialismo e a classe capitalista brasileira.

A gravidade da situação e a real ameaça aos direitos democráticos no Brasil é sublinhada tanto pelo processo inconstitucional e ilegal por trás da prisão quanto pelas ameaças de intervenção de figuras importantes da elite militar brasileira. Horas antes do julgamento no qual o sistema judicial brasileiro considerou Lula culpado, o comandante do Exército Brasileiro publicou a opinião sugerindo que, caso Lula fosse considerado inocente, o Exército seria obrigado a intervir para garantir que ele não se tornasse presidente.

De acordo com o desenvolvimento dos fatos no Brasil, o próximo passo lógico é a luta apoiada pelos Estados Unidos para reafirmar seu controle na América Latina. No início dos anos 2000, assistiu-se ao surgimento de governos democráticos em lugares como Honduras, Brasil, Venezuela e El Salvador, que procuraram afirmar a soberania econômica e níveis variáveis de controle democrático sobre as elites fundiárias e industriais. Mas até mesmo as mais brandas afirmações de autonomia trouxeram repercussão, começando com a derrubada, supervisionada por Hilary Clinton, de Manuel Zelaya em Honduras, até os esforços contínuos para desestabilizar os governos na Venezuela e o “golpe constitucional” por impeachment da presidente brasileira Dilma Rousseff, em 2016.

Esses eventos comprovam, sem sombra de dúvida, que mesmo as mais brandas tentativas das nações de operar fora da esfera de influência dos Estados Unidos serão enfrentadas pela oposição feroz de Washington. O Partido reconhece ainda o sacrifício e a longa luta do povo brasileiro nas batalhas históricas contra a ditadura, a luta pelos direitos democráticos e dos trabalhadores e a luta contínua pelo socialismo. Condenamos a prisão de Lula e as ameaças de intervenção militar e saudamos o povo brasileiro em sua mobilização e resistência a esta última provocação contra a classe trabalhadora brasileira.

(An English language version of this statement is available here: http://workersparty.ie/workers-party-statement-on-the-ongoing-right-wing-coup-in-brazil/)

 

Source:

Worker’s Party

Artículos Relacionados