PCdoB-ES lamenta morte de pré-candidato; Givaldo pede apuração rápida

Marcos Tulio Pariz era ex-secretário municipal de Educação de Jaguaré, professor, militante e recém-filiado ao PCdoB.

O recém-filiado do PCdoB, deputado federal Givaldo Vieira, expressou profundo pesar pela morte do camarada e cobrou investigações rápidas. “O meu pedido é para que seja elucidado mais rapidamente este caso, pois há suspeita, de acordo com relatos de amigos, de assassinato”.

O secretário de Comunicação do PCdoB-ES, Cláudio Machado, prestou solidariedade aos familiares e amigos. Segundo ele, Tulio Pariz era uma liderança respeitada em Jaguaré e um dos líderes de um grupo político que estava se viabilizando como uma alternativa à atual força política hegemônica no município, de perfil conservador.

Em nota de pesar, o Comitê Estadual do PCdoB-ES lamentou a morte de Marcos Tulio Pariz e prestou condolências à família e amigos. Leia a nota na íntegra:

O PCdoB do Espírito Santo lamenta profundamente a morte de seu militante e pré-candidato a deputado estadual, Marcos Tulio Pariz, vítima de um brutal assassinato, cuja investigação para identificação dos responsáveis e o motivo do crime ainda estão em curso.

Tulio era uma importante liderança popular do município de Jaguaré e região, tendo dedicado quase três décadas de sua vida a nobre função de professor, na Escola Família Agrícola, ensinando Geografia sob o método da pedagogia da alternância.

Seu pai, Tulio Pariz, foi prefeito do município, eleito em 1988 pelo Partido dos Trabalhadores (PT). O assassinato do camarada Marcos Tulio Pariz interrompe a trajetória de um militante que tinha inquebrantável e histórico compromisso com a democracia e com a luta do povo brasileiro por mais direitos sociais.

Marcos Tulio Pariz, vive!

Marcos Tulio Pariz, presente!

Comitê Estadual do PCdoB-ES

Fonte:

Partido Comunista do Brasil (PCdoB)

Artículos Relacionados