Manuela: “STF se diminuiu e abriu mão de zelar pela Constituição”

A pré-candidata ressaltou que a maior parte do Supremo decidiu que a presunção da inocência garantida na Constituição e o direito de todos nós sermos livres até que provem a nossa culpa, não existe mais no Brasil.

“Precisamos dizer que quando for efetivada a prisão do ex-presidente Lula, voltará a ter um preso político no Brasil”, frisou.

Segundo Manuela, a “prisão será política porque nunca apresentaram provas contra o ex-presidente Lula e porque nesta quinta-feira (5) o STF se curvou a pressão dos setores mais conservadores e esdrúxulos da sociedade brasileira. Inclusive com a pressão inconstitucional das Forças Armadas”.

“Nós continuaremos lutando pela democracia no Brasil! Nós queremos Lula livre e eleições diretas”.

Confira na íntegra:

 

Leia mais: PCdoB lança nota em apoio a Lula, pela restauração da democracia

Fonte:

Partido Comunista do Brasil (PCdoB)

Artículos Relacionados